Celebração do Casamento Comunitário: 220 casais oficializaram a união, nesta sexta-feira, na FAMINAS


O Centro Universitário FAMINAS abriu suas portas, nesta sexta-feira (12/11), para uma cerimônia marcante e repleta de emoção para 220 casais. Com direito a marcha nupcial, entrada com tapete vermelho e bolos individuais para cada família festejar o tão esperado “sim”, foi realizada a celebração do casamento comunitário, uma iniciativa da instituição de ensino superior em parceria com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, através do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc), e os Cartórios de Registro Civil de Pessoas Naturais de Muriaé, Itamuri, Belisário, Vermelho e Pirapanema, Boa Família, Rosário da Limeira e o Terceiro Ofício de Notas de Muriaé.

A celebração ecumênica aconteceu em dois blocos (às 16h e às 19h), no Salão Nobre da FAMINAS, com a participação de 110 casais em cada um deles, a fim de atender aos protocolos sanitários vigentes.

Juiz responsável pelo Cejusc da Comarca de Muriaé, Dr. Juliano Carneiro Veiga presidiu a cerimônia. “O amor é o que faz tudo valer a pena a cada dia. E, agora, vocês formalizam algo que já era vivido por vocês há muito tempo. Perante a lei, terão a oportunidade de divulgar para o mundo que estão, sim, casados”, afirmou Dr. Juliano aos casais. A cerimônia contou, ainda, com a mensagem do juiz de paz de Muriaé, Aílton Lopes, aos noivos.

A ação desta sexta-feira foi a última etapa do projeto “Mutirão do Casamento Civil”, que teve como proposta regularizar do estado civil de casais que viviam juntos há mais de um ano, como se já fossem casados. Os interessados se inscreveram, entre os meses de maio e junho, e todos que estavam dentro dos pré-requisitos, inclusive apresentando a documentação exigida, foram contemplados com a realização de todo o processo de forma gratuita.

“Esta cerimônia marca o nosso papel de contribuir para o exercício da cidadania, proporcionando, ainda, tantos avanços para a vida acadêmica dos nossos alunos, que atuaram ativamente neste projeto. É com muita alegria que vemos tantos sonhos, que estavam guardados, sendo realizados neste dia tão especial”, declarou Margarida Espósito, coordenadora do curso de Direito do Centro Universitário FAMINAS.

Sarah Rodrigues da Silva e Jorge Marcos Rodrigues estão juntos há cinco anos, moram juntos há três, e estiveram entre os casais contemplados. Eles ficaram sabendo do mutirão pelas redes sociais e decidiram que era a grande oportunidade para oficializar a união. “Poder um dia me casar era um sonho de criança. Quando vimos essa oportunidade, fomos atrás e achamos o processo todo muito organizado. E na cerimônia, não contive as lágrimas de tanta emoção”, acrescentou Sarah.

A iniciativa também contou com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) – 36ª Subseção Muriaé, representada na cerimônia presidente da Comissão OAB Social, Larissa Cerqueira; da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, representada por Mayara Lanusse, e Fundação de Cultura e Artes de Muriaé (Fundarte).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.