FISK comemora 35 anos em Muriaé

No último sábado (2/12), no Coreto da Praça João Pinheiro, a Escola FISK comemorou seus 35 anos de história em Muriaé, com a participação de convidados, alunos e seus pais.
A diretora da FISK-Muriaé, Julia Teresa Paulo Rodrigues, explicou que foi uma oportunidade de mostrar os projetos que a equipe FISK vem desenvolvendo, além do material didático, explorando outros conteúdos, como histórias, teatro e música.
“Publicamos em nossas redes sociais a seguinte frase: ‘Fisk em gerações’, pois temos relatos de pais que estudaram conosco e hoje trazem seus filhos para também estudar aqui. Isso muito nos dá orgulho! Nossos alunos se ofereceram para participar ativamente das apresentações e as homenagens, as meninas (cheerleaders) até passaram a mão nas revistinhas e ventarolas e saíram pela praça entregando, eles se sentem em casa e também se orgulham de fazer parte da família Fisk. Percebemos também a ‘Fisk em gerações’ em nossa equipe. Apesar de existir hoje uma rotatividade muito grande de mão de obra – as pessoas não ficam no mesmo emprego por muito tempo e parece não haver interesse das empresas de manter funcionários por muito tempo, não agimos dessa forma. A maior parte de nossa equipe é formada por profissionais capacitados e que estão conosco há bastante tempo (alguns nossos ex-alunos). Isso mostra como as pessoas vão evoluindo junto com a gente, junto com a empresa. Afinal, nós só existimos em função do outro”, destaca.
Émerson Lopes Cruz é professor de inglês na FISK há 26 anos e mais recentemente coordenador pedagógico também. Segundo ele: “tudo começou em 1982, com Júlia e o casal americano Mr. Gavin e Dona Margarida, que apoiaram o projeto desde o início e tiveram grande empenho para que a franquia se estabelecesse na cidade. Eles foram os professores de nossos primeiros alunos, dentre os quais saíram nossos primeiros professores, alguns ainda atuantes em nossa Escola. Somos a Família FISK, profissionais com comprometimento e dedicação ao ensino de línguas. Nossa comemoração foi um sucesso. Nossa equipe, juntamente com nossos alunos, homenagearam a Escola com uma diversidade de apresentações: dramatizações, teatro de fantoches, canções e até mesmo um ‘revival’ do nosso Coral Fisk – Singalong. Agradeço a Julia pela confiança em nosso trabalho e à equipe por defendermos juntos o mesmo objetivo”, finaliza

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.