Prefeitura de Muriaé realiza ações pela valorização da vida no Setembro Amarelo

Movimento tem objetivo de conscientizar e prevenir suicídio; data foi celebrada na cidade com caminhada e palestra

 

O “Setembro Amarelo”, mês escolhido para trabalhar a conscientização e prevenção contra o suicídio, foi comemorado em Muriaé nesta quarta-feira (26) com caminhada e palestras de profissionais da área da saúde. Intitulado “A favor da valorização da vida”, o movimento busca alertar a população sobre a realidade da prática na cidade e no mundo, sensibilizar a juventude, a população em geral e os profissionais para os sintomas desse problema e para a saúde mental.

 

As atividades começaram pela manhã, com caminhada pelas principais ruas da Barra, com a participação de profissionais da saúde e da assistência social, alunos da rede municipal e estadual e representantes de instituições. À noite houve palestras no IF Sudeste com o psiquiatra do Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas (CAPS AD), Rodrigo Vilhena, e com o psicólogo do CAPS II, Neander Matias.

 

Uma das organizadoras do evento em Muriaé, a assistente social do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF), Thais Rodrigues, reforça a importância de se alertar sobre o suicídio, tratado atualmente como um problema de saúde pública. “Entendemos que quanto mais se fala sobre o problema, mais estamos atuando na prevenção. Os dados são alarmantes. Estima-se que a cada 42 segundos uma pessoa tenta ou comete o suicídio em alguma parte do mundo. Por conta disso, precisamos fomentar o diálogo sobre esse assunto e expor mais para a população, até mesmo para conhecer melhor os sintomas e comportamentos de pessoas que estão propensas a cometer suicídio”, diz.

 

Apoio psicossocial na rede pública – A Prefeitura oferece apoio psicossocial a pessoas que procuram atendimento psicológico nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s). Por meio de trabalho multidisciplinar, com assistente social, médico e psicólogo, a equipe da Atenção Básica busca tratar e amenizar os sintomas. Em casos mais críticos, o paciente é encaminhado para o CAPS AD, CAPS II ou Centro de Especialidades.

 

O contato pode ser feito também com o Centro de Valorização da Vida (CVV), pelo número 188. O CVV realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email e chat 24 horas todos os dias.

Att.

Gabriela Marquito

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Muriaé

3696-3332

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.