Procon recebe inúmeras reclamações sobre vendas imperfeitas em Muriaé

 

O Procon está recebendo mais de 30 pessoas por dia com reclamações sobre ás prestações de serviços imperfeitas no comércio da cidade. A maioria das solicitações provêm de empréstimos não solicitados, das dificuldades encontradas no ramo de prestação de serviços de telefonia, venda de mercadorias defeituosas, assim como cobranças indevidas e deficiências na forma de entrega de produtos.

 

 

 

O órgão alcança uma média de 85 a 90% na solução dos conflitos. “Realizamos mais ou menos 60 audiências mensais. Procuramos resolver todos os problemas que chegam a nós da melhor maneira possível para que todos fiquem satisfeitos”, disse o coordenador executivo do órgão, Cristiano de Assis.

 

 

 

As audiências são realizadas via telefonia ou com a presença das partes. De acordo com o coordenador, na maioria das vezes, ali mesmo, naquele exato momento, são solucionadas algumas questões.

 

 

 

Eles trabalham no contato direto com as empresas de telefonia, têm acesso irrestrito com grandes empresas e estão iniciando os serviços com uma plataforma pública de resolução (tudo on-line), que agilizará muitas reivindicações, trazendo respostas em tempo real ou de modo expresso.

 

 

 

A partir desta semana, os fiscais do Procon estarão fazendo um levantamento do preço de combustível nos postos de gasolina de Muriaé. Há denúncias de possíveis preços abusivos nas bombas e reclamações dos consumidores que chegam a todo momento. Nos próximos dias serão realizados levantamentos para que sejam estudadas as ações a serem tomadas.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.